segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Falando de… Sentimentos!

Através da exploração de quatro livros da colecção de Trace Moroney (Porto Editora), recomendada pelo Plano Nacional de Leitura, conversámos sobre o que nos deixa felizes, tristes, zangados e assustados.

        image

Conversámos sobre os nossos medos, sobre coisas boas e más e registámos…

 image A Inês explicou-nos que todos nos sentimos tristes ou zangados de vez em quando. E todos temos medo de alguma coisa…  Mas se falarmos com um crescido sobre o que nos está a deixar assim sentimo-nos bem melhor a seguir!

7 comentários:

Nós disse...

Ora aqui está uma grande verdade: quando estamos tristes, podemos procurar um amigo para nos ajudar e partilhar connosco. Um adulto é sempre uma boa solução!

Anônimo disse...

Faz-lhes tão bem falar sobre os seus sentimentos... Mais uma ideia fantástica! Obrigada Inês por partilhar connosco o trabalho que realiza no dia-a-dia. Tem-me ajudado muito. Beijinhos, Su

M. disse...

Este exercício é, para mim, fantástico por diversas razões. Primeiro ensina-os a partilhar sentimentos, a não ter receio de falar do que os faz felizes e do que os faz ficarem mais tristes. Obriga-os a uma catalogação saudável dos sentimentos.
Depois permite-nos, a nós pais e educadores, perceber exactamente o que mais os pertuba, os seus medos, os seus receios, coisas que por vezes nos passam despercebidas e na leitura dos comentários salta como matéria de evidente conversa. Idem, idem para quando se sentem felizes.
Quanto à M. o comentário que lhe vi, corresponde totalmente à verdade, ela fica mesmo muito zangada quando, depois de toda a preparação do cenário que acolherá a próxima brincadeira, a mana chega e em menos de nada põe tudo de pantanas.
Agora como as zangas da M são também um tanto ou quanto peculiares (duram menos de 2 minutos e consistem basicamente nuns "Ò pá... não, não, não" e um correspondente beicinho) a I nem sequer se apercebe bem que a mana ficou chateada e lá continua barafunda fora ....:)

mae joao disse...

Falando de... Sentimentos

sinto-me feliz quando entro na sala da Inês

Inês disse...

Obrigada :) *****

Marta disse...

O melhor destas conversas em grande grupo é desmistificar medos, falar sobre o que nos deixa tristes e transformar coisas menos boas em momentos únicos... Parabéns por mais este "projecto".

Beijinhos

susyruth disse...

Eles já fazem muito bem a distinção...
Deve ter sido por isso que um dia destes o M. pegou na máquina fotográfica e disse que "vou fazer cara de zangado, agora tiste, agora muto contente!!!"
bj gd